Último remanescente da formação original da Velha Guarda da Portela, conjunto montado por Paulinho da Viola em 1970, o sambista Monarco (Hildemar Diniz na pia batismal), 85 anos, está lançando novo disco, Monarco de todos os tempos. Durante entrevista a Joaquim Ferreira dos Santos no estúdio da Rádio Batuta, ele apresentou algumas das joias de seu repertório, enquanto era acompanhado ao cavaquinho por seu filho, Mauro Diniz, produtor do disco. Monarco (no programa ele explica a origem do apelido) é autor de clássicos como Coração em desalinho, Passado de glória, Lenço e outros.

Repertório

Portela desde que eu nasci (Monarco) – Monarco e Mauro Diniz

Crioulinho Sabu (Monarco) – Monarco e Mauro Diniz

O quitandeiro (Paulo da Portela e Monarco) – Monarco e Mauro Diniz

Você pensa que eu me apaixonei (Monarco e Alcides Malandro Histórico) – Monarco e Mauro Diniz

Passado da Portela (Monarco) – Monarco e Mauro Diniz

Vida de rainha (Alvaiade e Monarco) – Monarco e Mauro Diniz

Tudo menos amor (Monarco e Walter Rosa) – Monarco e Mauro Diniz

Coração em desalinho (Monarco e Ratinho) – Monarco e Mauro Diniz

Dolores e suas desilusões (Monarco e Mauro Diniz) – Monarco e Mauro Diniz

Seu Bernardo Sapateiro (Monarco e Ratinho) – Monarco e Mauro Diniz

De Paulo a Paulinho (Monarco e Chico Santana) – Monarco e Mauro Diniz

Passado de glória (Portela) – Monarco e Mauro Diniz

 

“Passado da Portela”

“Tudo menos amor”

“O quitandeiro”

“Vida de rainha”

 

Apresentação: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição: Filipe Di Castro