Nino Rota (1911-1979) foi um dos maiores compositores da história do cinema, associado principalmente aos filmes de Federico Fellini. Mas fez trilhas célebres para outros diretores, como Francis Ford Coppola em O poderoso chefão. Alguns exemplos marcantes estão neste programa. Arthur Dapieve ainda mostra que Rota criou sinfonias, concertos e uma peça para um balé de Maurice Béjart.

Repertório

Rota. La strada: I. Nozze in campagna/ “È arrivato Zampanó (3:35) – Orquestra da Cidade de Granada, regida por Josep Pons

Rota. The godfather: Love theme (2:50) – Filarmônica do Teatro La Scala, de Milão, regida por Riccardo Muti

Rota. Sinfonia nº 3: II. Adagio con moto (7:25) – Sinfônica de Norrköping, regida por Ole Kristian Ruud

Rota. 8 ½: “La passerella di addio” (5:32) – Filarmônica do Teatro La Scala, de Milão, regida por Riccardo Muti

Rota. Prova d’orchestra: “I gemelli allo specchio” (1:21) – Filarmônica do Teatro La Scala, de Milão, regida por Riccardo Muti

Rota. Concerto Soirée pour piano et orchestre: I. Walzer-Fantasie (5:34) – Orquestra da Cidade de Granada, regida por Josep Pons, e Benedetto Lupo (piano)

Rota. La dolce vita: “La tromba di Polydor” (1:48) – Filarmônica do Teatro La Scala, de Milão, regida por Riccardo Muti

Rota. Concerto festivo: I. Ouverture (3:20) – Sinfônica de Norrköping, regida por Ole Kristian Ruud

Rota. Balé Le Molière imaginaire: VII. Pont Neuf, le Roi (4:10) – infônica de Norrköping, regida por Hannu Koivula

Morricone: “Gabriel’s oboe” (3:11) – Yo-Yo Ma e a Sinfonieta de Roma, regida por Ennio Morricone

Piovani. “La stanza del figlio” (4:05) – orquestra não identificada, regida por Nicola Piovani

Rota. Il gattopardo: Valzer del Commiato (4:11) – Orquestra da Cidade de Granada, regida por Josep Pons

 

Prelúdios também é apresentado no último sábado de cada mês, às 20h, na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz).

Apresentação: Arthur Dapieve

Edição: Filipe Di Castro