Talvez seja uma única e grande crise, mas, para facilitar, vamos pensar que o Brasil já passou por várias. Durante a de 1991, no atoleiro político e econômico do governo Collor,  Otto Lara Resende escreveu a deliciosa crônica O pastel e a crise, na Folha de S. Paulo, em 22 de setembro. Recordava uma crise remota, com militares envolvidos, enfrentada por ele com chopes, salsichões, livros e, principalmente, a companhia de Rubem Braga. Os dois amigos não estão mais aqui, mas a receita de Otto permanece saborosa (e, na atual situação nacional, pertinente). A leitura da crônica é feita pelo poeta Eucanaã Ferraz, consultor de literatura do IMS.

Locução: Eucanaã Ferraz

Edição: Filipe Di Castro