A histórica suíte Retratos, gravada há 50 anos por Jacob do Bandolim com regência de Radamés Gnattali, autor da composição, é analisada minuciosamente pela coordenadora de música do IMS, Bia Paes Leme. Com clareza e poder de síntese, ela dá uma aula sobre as influências e os objetivos de Radamés ao criar a suíte, com a qual homenageou Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e Chiquinha Gonzaga. Este programa, dedicado ao movimento feito em louvor de Pixinguinha, inicia uma série de Bia sobre a Retratos. Nos próximos meses, mais três programas. Na foto da página, Radamés e Pixinguinha.

Músicas

Rosa (Pixinguinha e Otávio de Souza) – Elizeth Cardoso e Radamés Gnattali, do disco "Uma rosa para Pixinguinha" (Funarte, 1983)

Uma rosa para Pixinguinha (Radamés Gnattali) – Radamés Gnattali, do disco "Retratos – Jacob e seu bandolim" (Columbia, 1964)

Carinhoso (Pixinguinha) – Camerata Carioca *, do disco "Vivaldi & Pixinguinha" (Funarte, 1980)

Ingênuo (Pixinguinha) – Camerata Carioca *, do disco "Vivaldi & Pixinguinha" (Funarte, 1980)

Retrato a Pixinguinha (Radamés Gnattali) – Jacob do Bandolim e orquestra de cordas do disco "Retratos – Jacob e seu bandolim" (Columbia, 1964). Regência: Radamés Gnattali.

(*) Camerata Carioca: Joel Nascimento (bandolim), João Pedro Borges (violão), Mauricio Carrilho (violão), Luiz Otávio Braga (violão de 7 cordas), Henrique Cazes (cavaquinho) e Beto Cazes (percussão).

 

Apresentação: Bia Paes Leme

Edição e sonorização: Filipe Di Castro