Arthur Dapieve

"Tristão e Isolda", de Rogelio de Egusquiza (1845-1915)

Música fúnebre

Além da famosa Marcha fúnebre, de Chopin, existem muitas composições célebres em torno da morte, como a ária final de Tristão e Isolda, de Wagner. Arthur Dapieve seleciona algumas e mostra como são variadas as interpretações musicais sobre o assunto.

24.02.2018

Edino Krieger

Os 90 anos de Edino Krieger

Dono de uma obra vasta e diversificada, que passa pela música de vanguarda e por um nacionalismo moderno, Edino Krieger completará 90 anos em março. Arthur Dapieve o homenageia selecionando algumas de suas peças sinfônicas e para piano.

27.01.2018

Ignacy Jan Paderewski

Pianistas de um passado remoto

Neste programa de Arthur Dapieve, interpretações de grandes pianistas do início do século XX, como Ignacy Jan Paderewski (foto), podem ser ouvidas como se fossem atuais. Elas foram registradas no sistema de rolos Welte-Mignon, salvas da Segunda Guerra e agora ressurgem com toda a sua beleza.

16.12.2017

Puccini

Itália, Itália…

Eliminada da próxima Copa do Mundo, a Itália é, no campo da música, uma força só comparável à Alemanha. Arthur Dapieve monta uma seleção que vai do renascentista Gesualdo ao contemporâneo Berio, passando por Vivaldi, Verdi, Puccini (foto) e outros.

25.11.2017

Carl Nielsen

No reino da Dinamarca

O país onde se passa a tragédia de Hamlet tem uma forte tradição musical. Arthur Dapieve seleciona peças de compositores importantes como Carl Nielsen (foto), marginalizado enquanto viveu (1865-1931), glória nacional hoje.

28.10.2017

Sergio Roberto de Oliveira

Sergio Roberto de Oliveira

O compositor Sergio Roberto de Oliveira morreu em julho, aos 46 anos, de câncer no pâncreas. Arthur Dapieve homenageia neste programa o artista, ressaltando aspectos como sua capacidade de diluir as fronteiras entre a vanguarda erudita do século XX e a música popular brasileira.

26.08.2017

Pavel Haas com sua mulher e sua filha

Música nos campos

Arthur Dapieve dedica o programa aos músicos que foram vítimas do Holocausto. Há, por exemplo, peças de Pavel Haas (na foto, com a mulher e a filha) e Erwin Schulhoff, mortos nos campos, e o “Quarteto para o fim dos tempos”, de Olivier Messiaen, tocado para prisioneiros de guerra como ele.

29.07.2017

Marcelo Fagerlande e Rosana Lanzelotte

Rosana, cravo e Marcelo

Instrumento tão associado à música barroca, o cravo é muito ouvido no Rio de Janeiro graças, sobretudo, a Rosana Lanzelotte e Marcelo Fagerlande. Os dois protagonizam o novo programa de Arthur Dapieve, que tem no repertório peças de Bach, Haydn, Nazareth e outros.

24.06.2017