Arthur Dapieve

Na linha do Villa

Villa-Lobos foi quem encarnou melhor a ideia de que a música brasileira poderia ter uma linha própria, uma escola. Nela também estão Tom Jobim, Francis Hime e Egberto Gismonti. São os compositores do novo programa de Arthur Dapieve.

18.02.2017

Cabaré clássico

Na abertura da quinta temporada de Prelúdios, Arthur Dapieve destaca a música de cabaré, surgida na Alemanha dos anos 1920. O casal Lotte Lenya e Kurt Weill (foto), Marlene Dietrich e Ute Lemper são personagens do programa.

28.01.2017

Edino Krieger

A boa câmara brasileira contemporânea

Compositores brasileiros contemporâneos criam obras que não se conformam em ser mera repetição neoclássica nem abrem mão do reconhecimento público. Arthur Dapieve selecionou peças de Edino Krieger (foto), Sergio Roberto de Oliveira, Almeida Prado, João Guilherme Ripper, Guilherme Bauer e Ricardo Tacuchian.

17.12.2016

Aaron Copland

O populista americano

Autor da célebre “Fanfarra para o homem comum”, o americano Aaron Copland queria fazer a música clássica chegar ao maior número possível de ouvintes e sensibilizá-los. Era populista, mas também brilhante, como mostra Arthur Dapieve.

26.11.2016

Franz Schubert

As verdadeiras canções românticas

O novo programa de Arthur Dapieve é dedicado ao lied, que é a canção de câmara alemã e austro-húngara do período romântico. Nascida com Beethoven, teve em Schubert seu expoente.

29.10.2016

Gustav Mahler

Banidos no Reich

Hitler admirava Mahler, mas proibiu suas obras na Alemanha nazista, assim como as de qualquer compositor judeu. Arthur Dapieve recorda essa história e apresenta criações de Mahler e outros autores banidos, como Mendelssohn e Bloch.

24.09.2016

O selvagem da ópera

Carlos Gomes, nascido há 180 anos, é o maior compositor brasileiro de óperas, tendo se consagrado também na Itália. Árias de “Il Guarany” – cuja Protofonia abre “A hora do Brasil” e este programa -, “Fosca” e “Lo schiavo” estão na seleção de Arthur Dapieve.

30.07.2016

Todas as manhãs com Bach

As seis suítes para violoncelo compostas por Bach eram praticamente desconhecidas até que o catalão Pau Casals as descobriu, por acaso, e começou a torná-las populares, além de um desafio para os músicos. Arthur Dapieve selecionou versões de Mstislav Rostropovich, Antonio Meneses e outros, incluindo Casals.

25.06.2016