Francisco Alves

Detalhe de "Festa de São João", de Heitor dos Prazeres

Músicas de junho – Balões e fogueiras

O primeiro capítulo da série sobre as músicas de festas juninas traz as origens dessa tradição e marchinhas pioneiras como Cai, cai, balão e Chegou a hora da fogueira.

04.06.2017

Noel e a mentira

Assim como outros autores de sua época, o compositor costumava pintar as mulheres como falsas, enganadoras. Mas o tema também apareceu, em Prazer em conhecê-lo, numa situação em que dois rivais precisam fingir que não se odeiam.

20.05.2017

Noel filósofo

Por causa de suas letras sofisticadas, Noel Rosa foi chamado de “filósofo do samba”. As ideias e imagens engenhosas do compositor aparecem em músicas como Filosofia, Positivismo e João Ninguém.

30.04.2017

Noel e os morros

Noel Rosa aproximou “asfalto” e “morro”, como se dizia na sua época. Foi parceiro e amigo de Ismael Silva, Cartola, Heitor dos Prazeres e outros, reforçando a qualidade e o alcance das criações dos compositores populares.

23.04.2017

Noel e o humor

Não faltam canções divertidas na obra do Poeta da Vila, que sabia conciliar inteligência com doses de escracho. O programa mostra exemplos como Um gago apaixonado, Tarzan e Conversa de botequim.

09.04.2017

João Gilberto e Caetano Veloso em Buenos Aires

Tim Maia, Ernesto Nazareth, João Gilberto & Caetano Veloso ao vivo…

Zuza Homem de Mello apresenta uma gravação nunca lançada de João Gilberto e Caetano Veloso cantando O pato em Buenos Aires. O programa ainda tem mais samba, tem choro, soul, brega, jazz, coral e outros sons.

07.04.2017

Lira Neto

Lira Neto e a história do samba

Lira Neto, autor de Uma história do samba, detalha as origens do gênero em entrevista a Joaquim Ferreira dos Santos. Dos antecedentes no século XIX à consolidação no início dos anos 1930, o escritor traça o panorama social e cultural que formou o samba. Ele desmonta clichês e defende que os fatos são bem mais complexos do que as versões que vigoraram por décadas.

20.03.2017

Francisco Alves

Por mais de 30 anos, Francisco Alves (1898-1952) fez grande e permanente sucesso como cantor. “O rei da voz”, título pelo qual ficou conhecido, gravou vários compositores importantes, tendo lançado – comprando suas músicas – os jovens do bairro do Estácio de Sá que firmaram o samba como gênero. Nesta seleção estão interpretações de épocas …

14.03.2017