Nei Lopes

Nei Lopes

Geração de 1942/Nei Lopes – Sambas do Irajá

Nei Lopes domina vários estilos de samba, além de outros gêneros da tradição afro-brasileira. O programa apresenta um pouco da diversidade do autor de Tempo de Dondon em gravações com Chico Buarque, Zeca Pagodinho e outros.

17.12.2017

Nei Lopes

Geração de 1942/Nei Lopes – Senhora liberdade

Reconhecido hoje como um dos principais letristas brasileiros, Nei Lopes teve a primeira fase de sua carreira marcada pela parceria com Wilson Moreira, com quem fez Senhora liberdade, Coisa da antiga e outros sambas.

10.12.2017

Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho

Destaques da música instrumental e João Gilberto em gravação rara

Zuza Homem de Mello selecionou grandes faixas instrumentais, como Feira de mangaio com Dominguinhos, Sivuca e Oswaldinho; e Doce de coco com Yo-Yo Ma, Paquito D’Rivera e Romero Lubambo. O programa ainda tem João Gilberto cantando nos EUA, em 1976, em show recém-lançado em CD.

08.12.2017

Moyseis Marques

Nei Lopes, Moyseis Marques, Renato Braz e vários duos

Os duos estão em alta no programa de Zuza Homem de Mello: Ná Ozzetti e Marcelo Pretto, Joanna e Fagner, Toninho Ferragutti e Bebê Kramer etc. O samba também aparece em vários formatos e vozes, como as de Nei Lopes, Moyseis Marques (foto) e Renato Braz.

10.11.2017

Arlindo Cruz

Para todos os compositores

São muitas as músicas em que um compositor homenageia outros. Em 7 de outubro, Dia do Compositor, Joaquim Ferreira dos Santos selecionou 11 exemplos, entre eles Paratodos, de Chico Buarque, e Sambista perfeito, de Arlindo Cruz (foto) e Nei Lopes.

07.10.2017

Tom Jobim, Nora Ney, Nei Lopes, Ricardo Silveira, Gaúcho da Fronteira...

Tom Jobim, Nora Ney, Nei Lopes, Ricardo Silveira, Gaúcho da Fronteira…

A playlist semanal de Zuza Homem de Mello tem artistas hoje pouco lembradas e artistas jovens que já começam a chamar atenção, como Grupo Fato e Mihay. O program tem samba, jazz, bolero e Tom Jobim como autor de um tema instrumental e como intérprete de uma valsa de Vinicius de Moraes.

16.06.2017

cx6-152pix016

Sambas d’África

A história do samba que nasceu no Rio e se tornou nacional começa, na verdade, nos africanos escravizados e seus cantos no Vale do Paraíba e no Recôncavo Baiano. Entre os personagens que mantiveram essa memória acesa estão Pixinguinha, João da Baiana e Clementina de Jesus.

24.07.2016

Sons do samba

Sons do samba

A percussão que se ouvia nas rodas de samba nos primórdios do gênero demorou a entrar nos estúdios. Derrubou preconceitos, ganhou força e passou a ocupar papel central na sonoridade dos discos. O programa traça um panorama dessa história.

13.06.2016