Paulo Aragão

Atualizando Mário Álvares

Atualizando Mário Álvares

Pai do cavaquinho brasileiro, Mário Álvares tem um pouco mais de sua biografia e sua música conhecidas graças a um caderno de 1908 entregue à Casa do Choro. O programa traz gravações de Pixinguinha, Jacob do Bandolim e outros, além de uma polca inédita.

07.12.2018

Paulinho da Viola no choro

Paulinho da Viola no choro

Paulinho da Viola é mestre no samba e também no choro. “É o gênero que mais me comove dentro de nossa música popular”, já escreveu. O programa reúne 12 composições dele, interpretadas pelo próprio e por outros artistas.

08.11.2018

Camerata Brasilis. Foto de Silvana Marques

Orquestras populares, parte 2: salão e cordas dedilhadas

Da Orquestra Típica Victor, que tinha Radamés Gnattali como arranjador, até a contemporânea Camerata Brasilis (foto), o programa apresenta conjuntos de câmara, de sonoridade mais delicada dos que os de sopros. No repertório, Ernesto Nazareth, Anacleto de Medeiros e outros.

08.10.2018

Banda Mantiqueira

Orquestras populares, parte 1: sopros

O primeiro de dois episódios sobre orquestras populares seleciona conjuntos em que os sopros são destaque, como Tabajara, Pessoal da Velha Guarda (liderada por Pixinguinha), Mantiqueira (foto) e Furiosa Portátil. No repertório, músicas que fazem dançar.

10.09.2018

Aquiles Moraes (à esquerda) e João Camarero

Seleção de solistas

Para representar a alta qualidade dos jovens músicos de choro, Paulo Aragão e Pedro Paulo Malta selecionaram gravações de cinco solistas: o violonista João Camarero, o trompetista Aquiles Moraes e os bandolinistas Tiago Souza, Fernando Dalcin e Rafael Marques.

13.08.2018

Joaquim Callado, 170 anos

Joaquim Callado, 170 anos

Mestiço e pobre num país escravocrata, Joaquim Callado nasceu em julho de 1848 e, em menos de 32 anos de vida, consagrou-se como pioneiro do choro. É dele um clássico do gênero: A flor amorosa. O programa reúne composições suas em gravações recentes e numa de Ernesto Nazareth.

09.07.2018

Kiko Horta e Marcelo Caldi

Fole no choro

O acordeom tem estreita ligação com o choro. Mestres dos ritmos nordestinos (Luiz Gonzaga, Sivuca, Dominguinhos) se dedicaram ao gênero, e jovens instrumentistas, como Kiko Horta e Marcelo Caldi (ambos na foto), mantêm a tradição.

11.06.2018

ELIS RIBEIRETE

Populares de concerto

O choro, gênero popular, apresenta com frequência traços da música de concerto. O programa expõe esse relacionamento numa seleção de peças contemporâneas. Os autores são Nailor Proveta (foto), Jayme Vignoli, Nelson Ayres, Nivaldo Ornelas, Teco Cardoso e Guinga.

14.05.2018