• Hermínio Bello de Carvalho. Foto de Walter Firmo

    Especiais

    Hermínio, muitos em um só

    O primeiro dos dois episódios deste especial feito para marcar os 85 anos de Hermínio Bello de Carvalho retrata sua multiplicidade: compositor, poeta, produtor, agitador cultural. No repertório selecionado por Lucas Nobile estão parcerias com Cartola, Paulinho da Viola, Chico Buarque e outros.

  • Hermínio e Paulinho da Viola. Foto: Museu da Imagem e do Som

    Especiais

    Hermínio, samba e choro

    Hermínio Bello de Carvalho dedicou a maior parte de sua produção como compositor ao samba e ao choro. Lucas Nobile apresenta parcerias com autores diversos, entre eles Pixinguinha e Paulinho da Viola. E conta que é controversa sua prática de escrever letras para melodias de músicos já mortos.

  • Chico e Marieta Severo na volta de Roma em 1970

    Especiais

    A volta de ‘Apesar de você’

    Samba feito em reação à ditadura militar completa 50 anos novamente forte como canção de protesto. Compositor achava que a música deveria ficar no passado, como retrato de outro tempo, mas a história do país não permitiu.

Leituras de quarentena

Especiais

Leituras de quarentena

A Rádio Batuta pediu a artistas e intelectuais que sugerissem livros para o confinamento provocado pela pandemia do coronavírus. Não são meras sugestões, mas comentários que iluminam aspectos das obras escolhidas e mostram por que elas são fundamentais.

Stephen Sondheim – Inteligência e mágica na Broadway

Documentários

Stephen Sondheim – Inteligência e mágica na Broadway

Stephen Sondheim é um dos maiores compositores da história do teatro americano e um dos maiores compositores americanos. É o letrista de West Side story e o autor de musicais como Company. João Máximo recorda essa trajetória com detalhes e gravações pouco conhecidas.

Música em 78 rotações

Especiais

Música em 78 rotações

A série em dez episódios, com roteiro e apresentação de Pedro Paulo Malta e participação de convidados, conta histórias de gravações marcantes, lançadas nas bolachinhas que foram o suporte da música brasileira em boa parte do século 20.

O jazz que veio dos livros

A volta ao jazz em 80 mundos

O jazz que veio dos livros

A literatura pode ser uma fonte do jazz, como demonstra Reinaldo Figueiredo neste programa. Entre outros exemplos, Brad Mehldau (foto) homenageia a geração beatnik, Jeff Gardner se inspira em Paul Auster e Arthur Dutra põe Kant no samba-jazz.

Elis e Adoniran juntos e ao vivo…

Playlist do Zuza

Elis e Adoniran juntos e ao vivo…

Elis Regina recebeu Adoniran Barbosa para um encontro de música e humor no programa de TV O fino da bossa, em 1965. Zuza Homem de Mello, que registrou e guardou o áudio, apresenta a gravação. O programa também tem Kleiton e Kledir, Lanny Gordin e outros.

Richter, o gigante

Prelúdios

Richter, o gigante

Arthur Dapieve dedica todo o programa a interpretações do grande pianista Sviatoslav Richter. No repertório estão concertos, sonatas e prelúdios. Ele tocou peças de autores muito variados, incluindo russos, alemãs e austríacos. Seu pai, neto de alemães, foi executado pelo regime soviético.

O violão de Raphael Rabello, o violino de Claudio Cruz…

Playlist do Zuza

O violão de Raphael Rabello, o violino de Claudio Cruz…

Uma gravação de Raphael Rabello (foto) interpretando um tema de Villa-Lobos está no programa de Zuza Homem de Mello. Outro destaque é o violinista Claudio Cruz tocando Tico-tico no fubá. Também há composições de Dorival Caymmi e da dupla Guinga/Aldir Blanc.

Alexandra, Caetano, Portugal, Bahia

Especiais

Alexandra, Caetano, Portugal, Bahia

Alexandra Lucas Coelho, jornalista e escritora portuguesa, recorda suas passagens pela Bahia no livro Cinco voltas na Bahia e um beijo para Caetano Veloso. "Portugal não é irmão do Brasil", diz ela, que destaca o papel violento de Portugal na história brasileira.

Essas mulheres, por Elis

Seleções

Essas mulheres, por Elis

A Batuta celebra o Dia Internacional da Mulher, 8 de março, e também os 75 anos que Elis Regina completaria em 17 de março. Joaquim Ferreira dos Santos preparou uma playlist com 19 músicas em que a cantora apresenta exemplos diversos de forças femininas.