• Paulo César Pinheiro. Foto: EBC

    Playlist do Zuza

    Músicas de PC Pinheiro, Chico, Milton, Garoto, Sinhô, Adoniran…

    Um tema de Sinhô dos anos 1920, um Adoniran Barbosa da década de 1930, um Garoto de 1950 e autores contemporâneos como Paulo César Pinheiro (foto) estão na seleção de Zuza Homem de Mello.

  • João Bosco

    Especiais

    Aquarela do Brasil, 80 anos

    A gravação original de Aquarela do Brasil foi realizada em 18 de agosto de 1939. Joaquim Ferreira dos Santos conta o papel que o samba de Ary Barroso ocupa na história do país. João Bosco, um dos entrevistados, interpreta a música no estúdio da Batuta.

  • Mestre Curió e seu grupo Forte da Capoeira. Foto de Samuel Macedo

    Especiais

    Mestres Navegantes

    A sexta edição do projeto "Mestres navegantes", de registro de manifestações populares, é a segunda dedicada à Bahia. O curador Betão Aguiar explica as características e a importância dos cantos de capoeira, como o do Mestre Curió (foto), e de candomblé.

Sina de cigarra – 100 anos de Jackson do Pandeiro

IMS Paulista

Sina de cigarra – 100 anos de Jackson do Pandeiro

Gabriel Levy destaca a importância de Jackson e diz que ele merece ser ainda mais lembrado. O acordeonista, o trio de mulheres Coco de Oyá e o cantor e percussionista Mestre Nico se apresentam no IMS Paulista, em 25 de agosto, às 16h. O centenário de Jackson é no dia 31.

3º Torneio dos Slams

IMS Paulista

3º Torneio dos Slams

Grupos de slam ("batida"), que fazem poesia falada e com forte conotação social, realizarão a final de seu 3º torneio no IMS Paulista, em 1º de setembro. O curador Emerson Alcalde conversa com Tawane Theodoro (foto) e Jessica Campos, que interpretam juntas dois poemas.

Moyseis Marques

Estúdio Batuta

Moyseis Marques

O cantor e compositor repassa no CD/DVD Passatempo ao vivo 20 anos de carreira. Em entrevista, ele fala de Chico Buarque, com quem gravou Subúrbio, Jackson do Pandeiro e outras admirações. Ainda interpreta Passatempo e a autobiográfica Poeta é outro lance.

Os 80 mundos de Boris Vian

A volta ao jazz em 80 mundos

Os 80 mundos de Boris Vian

Reinaldo Figueiredo dedica o programa aos 60 anos da morte de Boris Vian, o artista francês que viveu apenas 39 e fez de tudo um pouco, inclusive tocar trompete. Seus livros espelham o amor que sentia pelo jazz, sobretudo Duke Ellington. Mas também há Louis Armstrong e Miles Davis no repertório.

Nelson Sargento – Flores em vida

Seleções

Nelson Sargento – Flores em vida

O presidente de honra da Estação Primeira de Mangueira completou 95 anos em 25 de julho. Autores do livro Nelson Sargento: o samba da mais alta patente, André Diniz e Diogo Cunha selecionaram 19 composições e mais Flores em vida, homenagem feita por Moacyr Luz e Aldir Blanc.

Sertões: histórias de Canudos

Especiais

Sertões: histórias de Canudos

Em cinco episódios, a série de podcasts conta como um conflito do século 19, em que o Exército matou milhares de pessoas pobres, está viva graças a Euclides da Cunha e sua obra Os sertões. Guilherme Freitas, que entrevistou estudiosos, artistas e um canudense, narra a história.

Woodstock também foi aqui

Especiais

Woodstock também foi aqui

O Festival de Woodstock, que completa 50 anos em agosto de 2019, fez a cabeça de parte importante da música brasileira. Joaquim Ferreira dos Santos mostra que Os Mutantes, Gal Costa, Novos Baianos, Raul Seixas e outros sofreram influência de Janis Joplin, Jimi Hendrix e do espírito do evento.

Chico Buarque 75 vezes

Seleções

Chico Buarque 75 vezes

Neste 19 de junho de 2019, Chico Buarque (em foto de Leo Aversa) completa 75 anos. A Batuta celebra com uma playlist de 75 composições que não elege como as melhores, pois seria impossível tentar fazer isso numa obra dessa qualidade. É um percurso que vai de 1964 a 2017.

Morelembaum & Sakamoto, Chico César, J. T. Meirelles…

Playlist do Zuza

Morelembaum & Sakamoto, Chico César, J. T. Meirelles…

Coração vagabundo, de Caetano Veloso, na bela versão do pianista Ryuichi Sakamoto e do casal Paula e Jaques Morelenbaum é um dos destaques da seleção de Zuza Homem de Mello. Um sucesso de Chico César e a flauta de J. T. Meirelles também estão no programa.