• A vida do Rei em canções

    Especiais

    A vida do Rei em canções

    Paulo Cesar Araújo lança seu terceiro livro sobre o Rei. Em Roberto Carlos outra vez, ele conta a vida do artista a partir das canções. O jornalista apresenta oito exemplos nesta entrevista a Joaquim Ferreira dos Santos.

  • Xingu: terra marcada

    Especiais

    Xingu: terra marcada

    No Parque Indígena do Xingu, que completa 60 anos em 2021, vivem 6 mil pessoas de 16 etnias. O podcast conta a saga da demarcação e relata as ameaças frequentes aos habitantes. A série tem depoimentos de lideranças indígenas e pesquisadores, além de áudios pouco conhecidos.

  • Até hoje não voltou

    Ouve essa

    Até hoje não voltou

    Os sambas de Geraldo Pereira e a voz de Cyro Monteiro nasceram uns para a outra. Uma das provas é Até hoje não voltou, gravação de 1946 com acompanhando do conjunto de Benedito Lacerda.

Chick Corea mais um

A volta ao jazz em 80 mundos

Chick Corea mais um

O pianista Chick Corea, que morreu em fevereiro de 2021, tocou em vários formatos. Reinaldo Figueiredo optou pelos duetos, com Herbie Hancock, Stefano Bollani, Hiromi (foto) e outros. Três músicas são de compositores brasileiros.

Bach polimorfo

Prelúdios

Bach polimorfo

Embora os ortodoxos preguem que as peças de Bach devam ser tocadas como à época dele, Arthur Dapieve apresenta gravações muito diferentes entre si, a começar pelos instrumentos utilizados. O pianista Glenn Gould (foto) está no programa.

Dona Ivone Lara, a senhora da canção

Seleções

Dona Ivone Lara, a senhora da canção

As 11 músicas de Dona Ivone Lara que mais fizeram sucesso estão nesta playlist comentada por Lucas Nobile, biógrafo da compositora. Ele conta, em textos, as histórias de Sonho meu, Acreditar, Alvorecer, Nasci pra sonhar e cantar e outras.

Rasguei o teu retrato

Ouve essa

Rasguei o teu retrato

Vicente Celestino mostra, com seu vozeirão, todo o sofrimento de um amor perdido. A gravação da música de Candido das Neves, feita em 1935, tem arranjo de Pixinguinha.

Billie Holiday dói

Seleções

Billie Holiday dói

Existem cantoras e existe Billie Holiday. Durante seus 44 anos de vida, essa força da natureza, cujo centenário se completa neste 7 de abril, destruiu corações e a si mesma. Selecionamos nove músicas de amor (ou desamor) que atestam seu poder de destruição e sedução.

É tão gostoso, seu moço

Ouve essa

É tão gostoso, seu moço

Tida como rainha da fossa, Nora Ney também sabia cantar a falta de amor envolta em melodia alegre. É o caso de É tão gostoso, seu moço, de Dorival Silva (o Chocolate) e Mário Lago, de 1953.

As dez mais de Antônio Maria

Seleções

As dez mais de Antônio Maria

Antônio Maria compôs músicas que fizeram muito sucesso, inclusive no exterior, caso de Manhã de carnaval. O que mais criou foram sambas-canção, como Se eu morresse amanhã e Ninguém me ama.

Antônio Maria – Muito além do samba-canção

Especiais

Antônio Maria – Muito além do samba-canção

Quase sempre associado às canções tristes, o autor de Ninguém me ama também fez frevo, mambo, toada, marchinha, dobrado e outros gêneros. É o que Joaquim Ferreira dos Santos, biógrafo de Antônio Maria, mostra nesta celebração do centenário do compositor.

Dez anos que mudaram a música brasileira (1929-1939)

Especiais

Dez anos que mudaram a música brasileira (1929-1939)

Uma década de ouro iniciou a fase adulta da música popular brasileira. O jornalista João Máximo traça um panorama das transformações: rádios, gravadoras, arranjos, uma geração de artistas brilhantes e a afirmação do samba como gênero central. São 78 gravações em cinco episódios.