Ouve essa

O programa, também veiculado na Rádio UFRJ, apresenta gravações do acervo do IMS, formado em sua grande maioria por discos em 78 rotações por minuto. A seleção e a apresentação são de Joaquim Ferreira dos Santos. A fonte é o site discografiabrasileira.com.br, com mais de 46 mil fonogramas.

Sente

Sente

Norma Bengell estreou como cantora quando a bossa já permitia vozes pequenas e, se possível, charmosas, como a dela. Sente é de 1959.

14.06.2021

Mora na filosofia

Mora na filosofia

A voz de Marlene e os sambas de Monsueto combinavam bem. Ambos os artistas se interessavam por temas sociais. Esta música gravada para o carnaval de 1955 é uma prova disso.

07.06.2021

Patrícia

Patrícia

O mambo Patrícia foi um dos sucessos de Waldir Calmon, o pianista que fazia as pistas de dança encherem na década de 1950. A gravação da música do cubano Pérez Prado é de 1958.

31.05.2021

Caridade

Caridade

Nelson Cavaquinho teve este samba gravado por Blecaute em 1954. A interpretação prova que o cantor tinha bossa como poucos, apostando mais no estilo do que na potência.

24.05.2021

Risque

Risque

Linda Batista mostra, em interpretação consagradora, que o samba-canção de Ary Barroso não chora o amor terminado, mas aponta "novos caminhos", como diz a letra.

17.05.2021

Molambo

Molambo

No mesmo ano em que lançou Conceição, seu maior sucesso, Cauby Peixoto exibiu seu estilo em Molambo. O samba-canção de 1956 é de Jaime Florence (mais conhecido como Meira) e Augusto Mesquita.

10.05.2021

Vida de bailarina

Vida de bailarina

O samba-canção gravado em 1953 foi um dos primeiros sucessos de Angela Maria e mais tarde reinterpretado por Elis Regina, grande fã da Sapoti (apelido dado por Getúlio Vargas). Sua voz clara e potente influenciou gerações de cantoras.

02.05.2021

Quero beijar-te as mãos

Quero beijar-te as mãos

Por ser popular sem perder o jeito macio de cantar, o baiano Anísio Silva ganhou o apelido de “João Gilberto do povão”. Ele mostra o porquê nesta guarânia gravada em 1959.

26.04.2021