Severino Dias de Oliveira, o Sivuca, nasceu em Itabaiana (PB) em 26 de maio de 1930, deslumbrou-se com uma sanfona aos 4 anos e começou a tocar para valer aos 9. Nos 90 anos que ele completaria em 26 de maio de 2020, Lucas Nobile repassa em dois programas a carreira daquele que Dominguinhos considerava o maior dos sanfoneiros. Este primeiro episódio mostra o início da trajetória do músico, a diversidade de seus trabalhos (Bach, baião, choro, samba, frevo…) e o seu virtuosismo. Há depoimentos do bandolinista Hamilton de Holanda e do pesquisador Armando Andrade. Sivuca morreu em 14 de dezembro de 2006.

Repertório

Palhaço (Roberto Roberti, Arlindo Marques Jr. e Nelson Cavaquinho) – Os Brasileiros na Europa

Tocata em ré menor (Bach) – Sivuca

Homenagem à Velha Guarda (Sivuca) – Regional do Canhoto, com Orlando Silveira no acordeon

Sivuca no baião (músicas de Luiz Gonzaga e Humberto Teixeira, entre elas Asa branca) – Regional do Canhoto, com Sivuca no acordeon

Violão em samba (Zé Menezes) – Quatro Ases em Hi-fi, com Sivuca no acordeom

Deixa o breque pra mim (Altamiro Carrilho) – Sivuca e conjunto

Vassourinha (Matias da Rocha e Joana Batista Ramos) – Sivuca e Rosinha de Valença

 

Apresentação: Lucas Nobile

Edição: Filipe Di Castro