Em 2013 a revista serrote promoveu concurso e oficina de ensaios. Ambos mostraram, segundo Paulo Roberto Pires, que há público e interesse pelo gênero que fica no melhor lugar possível entre o texto acadêmico e o jornalismo.

 

Edição e sonorização: Filipe Di Castro