Em 1971, a música brasileira teve Roberto Carlos e Caetano Veloso entre seus protagonistas. O primeiro fez Debaixo dos caracóis dos seus cabelos para o segundo, que respondeu com Como dois e dois. Entre os outros artistas que marcaram aquele ano estão Chico Buarque, a dupla Antônio Carlos e Jocafi e o trio, Toquinho, Vinicius de Moraes e Marília Medalha.

Bloco 1

Debaixo dos caracóis dos seus cabelos (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos
De noite na cama (Caetano Veloso) – Caetano Veloso
Como dois e dois (Caetano Veloso) – Roberto Carlos

Bloco 2

Você abusou (Antônio Carlos e Jocafi) – Antônio Carlos e Jocafi
Desacato (Antônio Carlos e Jocafi) – Antônio Carlos e Jocafi 
Menina da ladeira (João Só) – João Só 
Você (Tim Maia) – Tim Maia 
O cafona (Marcos Valle e Paulo Sérgio Vale) – Marcos Valle 

Bloco 3

Construção (Chico Buarque) – Chico Buarque
Valsinha (Chico Buarque e Vinicius de Moraes) – Chico Buarque
Deus lhe pague (Chico Buarque) – Chico Buarque
Cotidiano (Chico Buarque) – Chico Buarque

Bloco 4

Detalhes (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos
De tanto amor (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos 
Amada amante (Roberto Carlos e Erasmo Carlos) – Roberto Carlos 

Bloco 5

Festa para um rei negro (Pega no ganzê) (Zuzuca) – Academia do Samba com participação especial de Abílio Martins
Bloco da solidão (Evaldo Gouveia e Jair Amorim) – Jair Rodrigues 
Lapa em três tempos (samba enredo) (Ari do Cavaco e Rubens) – Paulinho da Viola 
Ê baiana (Fabrício Silva, Baianinho, Ênio Santos Ribeiro e Miguel Pancrácio) – Clara Nunes 

Bloco 6

Tarde em Itapoã (Toquinho e Vinicius de Moraes) – Toquinho, Vinicius de Moraes e Marília Medalha
A tonga da mironga do kabuletê (Toquinho e Vinicius de Moraes) – Toquinho, Vinicius de Moraes e Marília Medalha
Cravo e canela (Milton Nascimento e Ronaldo Bastos) – Milton Nascimento 

Bloco 7

Impossível acreditar que perdi você (Márcio Greyck e Cobel) – Márcio Greyck 
Minha gente amiga (Ronnie Von e Antônio Pedro Costa) – Ronnie Von 
Você mudou demais (Dik Júnior) – Waldick Soriano
Carta de amor (Waldick Soriano) – Waldick Soriano 
Quem mandou você errar (Cláudia Barroso) – Cláudia Barroso
Salve, Salve brasileiro (Eduardo Araújo e Marcos Durães) – Eduardo Araújo
Pra começo de assunto (Lá, lá, lá, lá, lá) (Elizabeth) – Elizabeth

 

Baseado no livro “A canção no tempo”, de Jairo Severiano e Zuza Homem de Mello

Adaptação, pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Apresentação: Gláucia Araújo
Edição e sonorização: Filipe di Castro