Hoje com 82 anos, o austríaco Alfred Brendel é um dos maiores pianistas vivos e, nesta categoria, o favorito de Arthur Dapieve. O apresentador fala desse “pianista-filósofo”, capaz de executar músicas com maestria e também refletir sobre elas, seja no instante em que as toca, seja escrevendo. Dentre os compositores que interpreta com excelência estão Haydn, Mozart e Liszt, autores das três peças que ouvimos no programa.

Repertório

Haydn. Sonata nº 49, em Mi bemol. Terceiro movimento: finale, tempo di minuetto (4:00)

Mozart. Concerto para piano nº 20, em ré menor, com a Orquestra de Câmara Escocesa, sob a regência de sir Charles Mackerras. Primeiro movimento: allegro (14:09)

Liszt. Pensée des morts, das Harmonies poétiques et religieuses (12:55)

 

Apresentação: Arthur Dapieve

Edição e sonorização: Filipe Di Castro