Quando, ao lado de Gal Costa, gravou seu primeiro disco, em 1967, Caetano Veloso ainda estava profundamente vinculado à matriz principal de sua música, que é a bossa nova. Mas já gestava o tropicalismo, movimento que ele detonou naquele mesmo 1967 com a canção Alegria, alegria, dentre outros fatos. Na série do Música é História dedicada aos grandes compositores brasileiros, mostra-se que Caetano sempre foram vários, experimentando sons, gêneros e comportamentos todo o tempo. Conciliou o fazedor de sucessos populares, como Queixa, com o letrista extremamente sofisticado de, por exemplo, O quereres.

Músicas

Coração vagabundo (Caetano Veloso) – Caetano Veloso e Gal Costa

Alegria, alegria (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

Irene (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

Queixa (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

O quereres – (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

Odeio (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

Sampa (Caetano Veloso) – Caetano Veloso

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Débora Freitas, da CBN)

Roteiro: Joaquim Ferreira dos Santos

Edição e sonorização: Filipe Di Castro