Chiquinha Gonzaga (1847-1935) só pôde se dedicar à carreira musical após se separar do marido e abrir mão dos filhos. Foi pioneira em vários aspectos: primeira mulher a reger uma orquestra no Brasil; autora da primeira marcha carnavalesca, líder na batalha pelos direitos autorais etc. Em 2015, o colecionador Gilberto Inácio Gonçalves localizou no lixo de uma loja um disco jamais comercializado e que traz a própria Chiquinha ao piano (e, provavelmente, também anunciando as gravações). São duas músicas, sendo Xi! (ou Argentina) uma delas, escolhida por Alexandre Dias para este programa. O IMS restaurou o acetato até o limite possível. A audição vale, sobretudo, pelo valor histórico da descoberta.

Este programa é uma parceria com o Instituto Piano Brasileiro (www.institutopianobrasileiro.com.br). Também vai ao ar na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro aos domingos, às 20h.

Roteiro e apresentação: Alexandre Dias