Cyro Monteiro, cujo centenário se completa em 28 de maio de 2013,  teve em Falsa baiana um de seus maiores sucessos. Geraldo Pereira se inspirou numa frase do compositor Roberto Martins sobre a própria mulher, desanimada num carnaval. O samba foi gravado em 1944 e marcou a vida dos grandes amigos Cyro e Geraldo.

Apresentação: Bia Paes Leme

Edição e sonorização: Filipe Di Castro