Aliando a sensibilidade de violonista com o rigor de pesquisador, Gabriel Improta ilumina pérolas pouco conhecidas do acervo do IMS. O repertório privilegia músicas que desafiam as tradicionais visões históricas e classificações de gênero – como no caso de My old bass, um jazz composto nos início dos anos 1950 por Luiz Bonfá, ou na pouco conhecida Toselli no samba, que já trazia a marca inconfundível do maestro Moacir Santos. Um programa repleto de joias instrumentais, comentadas com precisão por quem conhece muito do assunto.

Bloco 1
Tenebroso (Ernesto Nazareth) – Carolina Cardoso de Menezes
Graúna (João Pernambuco) – Oito Batutas
Graúna (João Pernambuco) – Jacob do Bandolim

Bloco 2
Carinhoso (Pixinguinha) – Orquestra Victor Brasileira
1 x 0 (Pixinguinha e Benedito Lacerda) – Garoto
Amoroso (Garoto e Luís Bittencourt) – Garoto e Carolina Cardoso de Menezes
Chega de saudade (Tom Jobim e Vinícius de Moraes) – Agostinho dos Santos

Bloco 3
Toselli no samba (Moacir Santos) – Raul de Barros e orquestra
My old bass (Luiz Bonfá) – Luiz Bonfá
Você me enlouquece (W. Donaldson e F. Skinner / versão de Lamartine Babo) – Castro Barbosa e Sônia Barreto com acompanhamento da American Jazz

 

 
Apresentação: Paulo da Costa e Silva
Produção: Carla Paes Leme
Edição: Filipe Di Castro
Sonorização: Filipe Di Castro