O primeiro sucesso de Ivan Lins, em 1970, deu confusão: muita gente achou que O amor é o meu país era uma canção de apoio à ditadura militar, quando, na verdade, Ivan e o letrista Ronaldo Monteiro de Souza estavam tratando o amor como um território, um lugar desejado. Nos anos seguintes, o compositor se firmou como um artista importante, fazendo músicas com sentido político, caso de Somos todos iguais nesta noite, e muitas românticas. Ele ainda se tornou um dos brasileiros mais admirados no exterior, com fãs no jazz e no pop.

Músicas

Novo tempo (Ivan Lins e Vítor Martins) – Ivan Lins

O amor é o meu país (Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza) – Ivan Lins

Madalena (Ivan Lins e Ronaldo Monteiro de Souza) – Elis Regina

Somos todos iguais nesta noite (Ivan Lins e Vítor Martins) – Ivan Lins

Começar de novo (Ivan Lins e Vítor Martins) – Simone

Daquilo que eu sei (Ivan Lins e Vítor Martins) – Ivan Lins

Desesperar jamais (Ivan Lins e Vítor Martins) – Ivan Lins

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Débora Freitas, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro