Nascido em Ribeirão Preto, crescido em Avaré (SP) e radicado no Rio de Janeiro desde 2011, João Camarero é, aos 29 anos (a se completar em 1º de junho), um dos principais violonistas brasileiros da atualidade. Ele comenta nesta entrevista sua formação no choro, seus ídolos (como Garoto e Raphael Rabello) e o seu segundo CD, Vento brando, que está lançando. Ele gravou nove das 11 faixas como solista. A combinação entre clássico e popular marca o repertório e a nova fase de seu trabalho. Duas das músicas ele tocou no estúdio da Batuta.

Repertório

Tocata em ritmo de samba (Radamés Gnattali) – João Camarero no estúdio da Batuta

Enigma (Garoto) – João Camarero no estúdio da Batuta

Vento brando (João Camarero e Cristovão Bastos) – João Camarero

Camará (Raphael Rabello e Paulo César Pinheiro) – João Camarero

Quadradinho (Canhoto da Paraíba) – João Camarero, João Lyra (violão) e Lucas Arantes (cavaquinho)

O maestro na farra (João Camarero) – João Camarero

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna

Edição: Filipe Di Castro

 

João Camarero interpreta “Tocata em ritmo de samba”:

 

João Camarero interpreta “Enigma”: