O homenageado neste programa foi letrista, teatrólogo, poeta, pintor, caricaturista e escultor. Toda essa versatilidade fez com que fosse um dos mais expressivos e representativos letristas da música brasileira nas décadas de 20 a 50. Foi parceiro de grandes melodistas como Custódio Mesquita, Chiquinha Gonzaga, Ary Barroso e José Maria de Abreu. Assim como teve seus versos cantados por Carmen Miranda, Elizeth Cardoso, Maria Bethânia e Gal Costa, e ter trabalhado em jornais e revistas como redator e caricaturista. Foi, durante 45 anos, um dos mais importantes autores de teatro de revista, produzindo, pelo menos, 110 peças do gênero. Esse foi Luiz Carlos Peixoto de Castro… Luiz Peixoto!

Bloco 1
Na batucada da vida (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Carmen Miranda
Cachopa (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Francisco Alves

Bloco 2
Ai, Ioiô (Henrique Vogeler, Luiz Peixoto e Marques Porto) – Araci Cortes
Sussuarana (Heckel Tavares e Luiz Peixoto) – Gastão Formenti
Me deu uma vontade de chorar (Heckel Tavares e Luiz Peixoto) – Sérgio da Rocha Miranda

Bloco 3
Casa de caboclo (Heckel Tavares e Luiz Peixoto) – Ruth Caldeira de Moura
Meu Senhor do Bonfim (Marques Porto, Pedro de Sá Pereira e Luiz Peixoto) – Araci Cortes

Bloco 4
Súplica de amor (Radamés Gnatalli e Luiz Peixoto) – Nuno Roland
Maria (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Sílvio Caldas
Quando eu penso na Bahia (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Carmen Miranda e Sílvio Caldas

Bloco 5
Bandeira (poema de Luiz Peixoto) – Sadi Cabral
Na paz do Senhor (José Maria de Abreu e Luiz Peixoto) – Lúcio Alves
Voltei pro morro (Vicente Paiva e Luiz Peixoto) – Carmen Miranda
Disseram que voltei americanizada (Vicente Paiva e Luiz Peixoto) – Carmen Miranda

Bloco 6
É luxo só (Ary Barroso e Luiz Peixoto) – Maria Helena Raposo

 
Pesquisa e texto: Carla Paes Leme
Locução: Cláudia Diniz
Sonorização: Filipe Di Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco