Johnny Alf (1929-2010) estudou piano clássico, mas também ouvia música brasileira e jazz. Todas essas referências estão nas suas composições e interpretações, um trabalho absolutamente original e que influenciou muita gente, inclusive Tom Jobim e a bossa nova. Reinaldo Figueiredo reúne neste programa registros jazzísticos de algumas das principais criações de Alf, como um do recente álbum de Mauro Senise. E termina com uma surpresa inesperada: uma gravação inédita, realizada em Nova Jersey em 2002 e que poderá ser lançada em breve.

Repertório

Seu Chopin, desculpe (Johnny Alf) – Mauro Senise

Rapaz de bem (Johnny Alf) – Claudio Roditi

Céu e mar (Johnny Alf) – Duduka da Fonseca Trio

Eu e a brisa (Johnny Alf) – Banda Mantiqueira

Ilusão à toa (Johnny Alf) – Kenny Barron

Idriss (Johnny Alf) – Johnny Alf com Idriss Boudrioua

Sonhos e fantasias (Johnny Alf) – Johnny Alf com Márcio Montarroyos

Plenilúnio (Johnny Alf) – Johnny Alf com Victor Assis Brasil

Fim de semana em Eldorado (Johnny Alf) – Johnny Alf (gravação inédita)

 

A volta ao jazz em 80 mundos também é apresentado no terceiro sábado de cada mês, às 20h, na Rádio MEC FM do Rio de Janeiro (99.3 MHz).

Apresentação: Reinaldo Figueiredo

Edição: Filipe Di Castro