Nas rodas informais na quadra do bloco Cacique de Ramos, no Rio, nas décadas de 1970 e 1980, surgiu um novo som para o samba. Instrumentos diferentes somados a jovens talentos, que mal queriam ser profissionais, influenciaram tudo o que se fez no gênero depois. O programa recorda essa história, que ganhou o nome discutível de pagode e revelou Zeca Pagodinho, Jorge Aragão, Arlindo Cruz e muitos outros.

Repertório

Vou festejar (Jorge Aragão, Neoci e Dida) – Beth Carvalho

A batucada dos nossos tantãs (Adilson Gavião, Sereno e Robson Guimarães) – Fundo de Quintal

SPC (Arlindo Cruz e Zeca Pagodinho) – Zeca Pagodinho

Doce refúgio (Luiz Carlos da Vila) – Luiz Carlos da Vila

Isso é Fundo de Quintal (Leci Brandão) – Leci Brandão

 

Apresentação: Luiz Fernando Vianna (com Petria Chaves, da CBN)

Roteiro: Luiz Fernando Vianna

Edição e sonorização: Filipe Di Castro