Crítico musical, produtor, pesquisador, escritor e compositor: eis aí várias facetas de Sérgio Cabral, que há 50 anos começou a atuar como jornalista especializado em música popular. É ele o nosso convidado mais do que ilustre para marcar a nova fase da Rádio Batuta. Neste programa, Francisco Bosco passa o bastão, ou melhor, a batuta para o músico e pesquisador Paulo da Costa e Silva na coordenação deste projeto do Instituto Moreira Salles. Ambos conversaram com o jornalista Sérgio Cabral sobre músicas, compositores e intérpretes que marcaram a história da canção brasileira.

Bloco 1
Noites cariocas (Jacob do Bandolim) – Jacob do Bandolim
Meu romance (J. Cascata) – Orlando Silva
Camisa amarela (Ary Barroso) – Arací de Almeida
Tereza da praia (Tom Jobim e Billy Blanco) – Dick Farney e Lúcio Alves
Ingênuo (Pixinguinha e Benedito Lacerda) – Pixinguinha e Benedito Lacerda

Bloco 2
Na subida do morro (Moreira da Silva e Ribeiro Cunha) – Moreira da Silva com acompanhamento da Orquestra Tabajara do maestro Severino Araújo
A voz do morro (Zé Kéti) – Jorge Goulart
Canção de amor (Chocolate e Elano de Paula) – Elizeth Cardoso
Quase que eu disse agora (Orestes Barbosa) – Sílvio Caldas
O que será de mim (Ismael Silva, Nilton Bastos e Francisco Alves) – Francisco Alves e Mário Reis

 

 

Apresentação: Francisco Bosco e Paulo da Costa e Silva
Produção: Carla Paes Leme
Sonorização: Filipe de Castro
Edição: Carla Paes Leme e Filipe Di Castro
Supervisão: Francisco Bosco