Adoniran Barbosa

Elis Regina e Adoniran Barbosa

Elis e Adoniran juntos e ao vivo…

Elis Regina recebeu Adoniran Barbosa para um encontro de música e humor no programa de TV O fino da bossa, em 1965. Zuza Homem de Mello, que registrou e guardou o áudio, apresenta a gravação. O programa também tem Kleiton e Kledir, Lanny Gordin e outros.

20.03.2020

João Gilberto

João, Tom, Lyra, Chico, Elis…

Grandes nomes associados à bossa nova estão na seleção de Zuza Homem de Mello: João Gilberto em faixa do disco Amoroso, Tom Jobim e Carlos Lyra. Também no programa há Chico Buarque em Pelas tabelas e, ao final, Elis Regina em Boa noite, amor.

15.11.2019

Paulo César Pinheiro. Foto: EBC

Músicas de PC Pinheiro, Chico, Milton, Garoto, Sinhô, Adoniran…

Um tema de Sinhô dos anos 1920, um Adoniran Barbosa da década de 1930, um Garoto de 1950 e autores contemporâneos como Paulo César Pinheiro (foto) estão na seleção de Zuza Homem de Mello.

23.08.2019

Conjunto João Rubinato. Foto de Merylin Esposi

Adoniran inédito

O Conjunto João Rubinato, que se dedica exclusivamente a Adoniran Barbosa (na certidão, João Rubinato), localizou 12 músicas inéditas do compositor, reunidas agora num disco-livro. Tomás Bastian explica a saga que levou à descoberta.

18.07.2019

Adoniran Barbosa

Salve o compositor popular – Adoniran, Vanzolini, Germano

A série “Salve o compositor popular”, que o professor Sergio Roberto Montero Aguiar iniciou em fevereiro tratando de compositores cariocas, continua em março no IMS Poços de Caldas com três grandes sambistas de São Paulo: Adoniran Barbosa, Paulo Vanzolini e Germano Mathias.

19.03.2019

João Carlos Botezelli, o Pelão. Foto de Thaís Taverna, do site Gafieiras

Pelão, herói brasileiro

João Carlos Botezelli, o Pelão, entrou para a história da música brasileira por produzir os primeiros discos solo de Nelson Cavaquinho, Cartola e Adoniran Barbosa. E ainda fez muito mais. Com voz rouca e estilo franco, ele recorda a sua trajetória e conta causos de bastidores.

18.09.2018

Praça da Sé, em São Paulo, 1953. Detalhe de foto de Alice Brill/Acervo IMS

São Paulo, meu amor

Tom Zé disse em São São Paulo, meu amor: “O país todo de férias/ E aqui é só trabalhar/ Porém com todo defeito/ Te carrego no meu peito”. O programa celebra os 464 anos da cidade com Adoniran, Vanzolini, Rita Lee, Itamar Assumpção e outros.

21.01.2018

Canções de ontem e hoje: "Saudosa maloca"

Canções de ontem e hoje: “Saudosa maloca”

A tentativa de demolição na Cracolândia de um prédio com pessoas dentro remete a uma canção-símbolo de São Paulo: Saudosa maloca. Guilherme Wisnik comenta a composição de Adoniran Barbosa em sua coluna “Espaço em obra” (Rádio USP).

29.06.2017