Lorenzo Mammì

Tom Jobim em 1964. Foto de Otto Stupakoff / Acervo IMS

Tom Jobim e a bossa nova: leveza, tristeza, beleza

O encontro entre as composições de Tom Jobim e a voz e o violão de João Gilberto formou o coração da bossa nova, como destaca o segundo capítulo da série sobre os 90 anos do maestro. As melodias de Tom conciliam simplicidade e complexidade, leveza e melancolia.

15.01.2017