Mário de Andrade

Edgar Roquette_Pinto com crianças indígenas

Capítulo 8 – Cantos Paresí

Em 1912, cantos indígenas foram gravados pela primeiras vez no Brasil. Edgar Roquette-Pinto os recolheu com o povo Paresí, no oeste do Mato Grosso. A descoberta fascinou artistas como Villa-Lobos, que se baseou neles para composições suas.

09.03.2018

Capítulo 3 - Meu barco é veleiro

Capítulo 3 – Meu barco é veleiro

O episódio apresenta duas versões do coco pernambucano Meu barco é veleiro, uma com Francisco Alves e outra com carregadores de piano de Recife, que entoavam cantos populares enquanto transportavam os instrumentos. Mário de Andrade conseguiu que a Missão de Pesquisas Folclóricas registrasse suas vozes.

08.03.2018

Pixinguinha e Mário de Andrade

Pixinguinha e Mário de Andrade

Pixinguinha foi informante de Mário de Andrade para o capítulo 7 do “Macunaíma” e para ensaios sobre música. O escritor adorava criações do compositor como “Urubatã” e “Patrão, prenda seu gado”. O programa ilumina as relações entre vidas e obras desses dois brasileiros fundamentais.

07.05.2016

O grito

O grito

Como todos os sons produzidos pela voz humana, o grito pode variar de tom, intensidade e timbre. Pode ser muito musical. Eucanaã Ferraz seleciona exemplos, como interjeições do teatro Nô, aboios recolhidos por Mário de Andrade e temas interpretados por Yoko Ono e Patty Waters.

22.03.2016

Camargo Guarnieri

Camargo Guarnieri

O pianista e pesquisador Alexandre Dias inicia com Camargo Guarnieri sua série sobre os personagens da história do piano brasileiro, tanto o clássico quanto popular. Ele destaca a importância de Guarnieri e apresenta o Ponteio 49 interpretado pelo próprio compositor.

06.10.2015