Mauricio Einhorn

Emílio Santiago

Playlist número 150 com Elis, Emílio…

Zuza Homem de Mello apresenta, na edição de 150 de seu programa, Elis Regina em “Querelas do Brasil”, Emílio Santiago em “Tristeza de nós dois” e outras belas interpretações, como as de Paula Santoro e Guinga. A seleção termina com o violoncelista Yo-Yo Ma tocando Jacob do Bandolim.

31.01.2020

Baden Powell

Um samba de Baden, um samba para Baden, “Samba de verão”…

O astronauta, em versão instrumental de Baden Powell, e Mão de Orfeu, homenagem de Eduardo Gudin e Paulo César Pinheiro ao grande violonista, estão na seleção de Zuza Homem de Mello. Também há Marcos Valle em seu maior sucesso, Egberto Gismonti e Mauricio Einhorn.

29.11.2019

Amaro Freitas

Brasil acima de tudo, jazz acima de todos – parte 1

Reinaldo Figueiredo monta uma primeira seleção de gravações lançadas em 2018 para mostrar a qualidade do jazz feito por brasileiros. Amaro Freitas (foto) é um deles. A playlist termina com a transformação em balada jazzística de Garçom, sucesso do brega Reginaldo Rossi.

18.03.2019

Dori Caymmi, Edu Lobo e Marcos Valle

Edu, Dori e Marcos; Einhorn e Grossi; Grupo Barlavento…

Zuza Homem de Mello selecionou uma faixa do CD que marca o reencontro entre Dori Caymmi, Edu Lobo e Marcos Valle. O programa ainda dá destaque aos sambas de roda do grupo baiano Barlavento e aos gaitistas Mauricio Einhorn e Gabriel Grossi.

20.07.2018

Paulinho da Viola

Paulinho da Viola, Chico Science, Turibio Santos, Mauricio Einhorn…

O programa de Zuza Homem de Mello tem Paulinho da Viola interpretando Wilson Batista e cantando o seu maior sucesso. O repertório variado também recorda Chico Science e uma composição de Garoto pelas mãos do violonista Turibio Santos.

06.07.2018

Gabriel Grossi

Gabriel Grossi

O principal gaitista do momento reverencia em seu CD #em movimento e na entrevista à Batuta mestres como Mauricio Einhorn e Hermeto Pascoal. E toca no estúdio sua versão muito particular de Carinhoso.

23.06.2018

Mauricio Einhorn: 85 de vida e 80 de música

Mauricio Einhorn: 85 de vida e 80 de música

O maior nome da harmônica no jazz brasileiro é reverenciado no CD Viva Mauricio Einhorn!. Reinaldo Figueiredo apresenta oito das faixas, recorda duas do próprio instrumentista em ação e uma do saxofonista Paquito D’Rivera, que costuma encerrar seus shows tocando Estamos aí.

22.07.2017