música clássica

Barbara Sukowa como Hildegard von Bingen no filme "Visão", de Margarethe von Trotta

Dezembro na Idade Média

Ao fim de um ano tão turbulento no Brasil e no mundo, Arthur Dapieve propõe uma pausa ao som da música medieval. Entre as peças cantadas há uma de Hildegard von Bingen, monja que virou santa. Ela foi interpretada por Barbara Sukowa no cinema (foto).

23.12.2019

Ernst Krenek

Paisagens do exílio

O austríaco Ernst Krenek (foto) e o alemão Hanns Eisler migraram para os Estados Unidos fugindo do nazismo. Composições que fizeram no exílio e outras da fase europeia estão no repertório montado por Arthur Dapieve.

25.11.2019

Ricardo Tacuchian

Parabéns, Tacuchian

Arthur Dapieve celebra os 80 anos de Ricardo Tacuchian com uma seleção de cinco gravações de peças do compositor brasileiro. São registros de câmara, de dois duos a um quinteto.

28.10.2019

Liszt

As rapsódias húngaras

Franz Liszt (1811-1886), que nasceu na Hungria mas não sabia falar húngaro, baseou-se em temas folclóricos de sua terra natal para compor 19 rapsódias para piano. Arthur Dapieve selecionou sete delas, interpretadas por Nelson Freire, Alfred Brendel e outros.

30.09.2019

Bidú Sayão

Bidú Sayão, nossa diva

Arthur Dapieve celebra a soprano brasileira de maior prestígio internacional e apresenta algumas de suas gravações, entre elas a da Bachiana brasileira nº 5, de Villa-Lobos. Árias de óperas como O guarani e La bohème também estão no programa.

26.08.2019

Anne-Sophie Mutter

Cinco damas do violino

Anne-Sophie Mutter (foto), Rachel Podger, Isabelle Faust, Hillary Hahn e Nicola Benedetti são as grandes violinistas contemporâneas selecionadas por Arthur Dapieve. O repertório tem Beethoven, Mozart, Vivaldi e Sibelius.

29.07.2019

Händel

O miraculoso ano de 1685

Nasceram no mesmo ano três dos maiores compositores da história da música clássica: Händel (imagem), Bach e Scarlatti. Neste programa, Arthur Dapieve seleciona peças desses grandes nomes do Barroco.

24.06.2019

Beniamino Gigli

Gigli, o único

Apontado por Enrico Caruso como o seu sucessor, Beniamino Gigli foi um dos maiores tenores do século XX. Arthur Dapieve selecionou árias que mostram, além da beleza da voz, o talento de Gigli como ator. Uma das gravações foi realizada no Rio de Janeiro, em 1951.

27.05.2019