Nora Ney

Nos bailes de Milton

Nos bailes de Milton

Milton Nascimento, que completa 78 anos em 2020, começou como crooner, cantando músicas de outros, e gravou várias composições alheias na carreira. Esta playlist apresenta as versões dele e anteriores à dele, com artistas como João Gilberto e Dolores Duran.

23.10.2020

Maria Bethânia no desfile da Mangueira em 2016

Bethânia e a Mangueira; Wanda Sá, Menescal, Miele e a bossa nova…

Zuza Homem de Mello faz defesa enfática do CD em que Maria Bethânia reverencia a Mangueira e que vem sendo criticado em redes sociais. Duas faixas estão no programa. O repertório ainda tem quatro músicas de show com Wanda Sá, Roberto Menescal e Miele.

07.02.2020

Dolores Duran

Dolores e outras dores

A série “A mulher na música brasileira” recorda artistas que souberam cantar as dores do amor, entre elas Dolores Duran (foto) e Maysa, que morreram muito cedo. Ninguém me ama, com Nora Ney, também está no repertório.

10.06.2018

Dalva de Oliveira

Na trilha do samba-canção

De Linda flor (1928) a O mundo é um moinho (1975), Zuza Homem de Mello apresenta uma seleção de grandes momentos do samba-canção. Entre as músicas estão Copacabana, Marina e Segredo, na voz de Dalva de Oliveira (foto).

01.12.2017

Tom Jobim, Nora Ney, Nei Lopes, Ricardo Silveira, Gaúcho da Fronteira...

Tom Jobim, Nora Ney, Nei Lopes, Ricardo Silveira, Gaúcho da Fronteira…

A playlist semanal de Zuza Homem de Mello tem artistas hoje pouco lembradas e artistas jovens que já começam a chamar atenção, como Grupo Fato e Mihay. O program tem samba, jazz, bolero e Tom Jobim como autor de um tema instrumental e como intérprete de uma valsa de Vinicius de Moraes.

16.06.2017

O rock de Nora Ney

O rock de Nora Ney

A doce Nora Ney, a voz dos amores fracassados, a que transformou “Ninguém me ama” em sucesso nacional, também lançou o rock por aqui com “Rock around the clock”. Anos depois, como conta Joaquim Ferreira dos Santos, gravou um mea culpa musical e foi ser romântica e politizada para sempre.

30.12.2016